Ser organizado pode melhorar seu desempenho.
Uma pessoa organizada pode ajudar e influenciar diretamente para que um trabalho de um colega seja entregue no prazo e com qualidade, assim como um líder desorganizado pode influenciar diretamente na queda de produtividade da sua própria equipe. Quando uma pessoa chega atrasada a uma reunião, perde documentos ou perde prazos, por conta da sua desorganização, está roubando tempo e produtividade de seus colegas. Isso não é bom para profissional algum.

"Eu me encontro na minha bagunça". Quantas vezes já você essa frase ou mesmo chegou a pronunciá-la quando precisou encontrar algo e se deparou com uma "tremenda desorganização" à sua frente? Citações como essas são ditas diariamente por pessoas que precisam, por exemplo, encontrar um documento - seja em casa ou mesmo no ambiente de trabalho, mas que não dispõem de muito tempo. Então, aliviam a situação ao afirmarem que aquela desordem é apenas uma aliada. Para José Luiz Cunha em Organize Sua Vida - empresa especializada em organização residencial e corporativa, isso é uma desculpa comum, atrás da qual pessoas desorganizadas costumam se esconder. "O hábito de manter essa bagunça em suas mesas de trabalho, suas gavetas e seus arquivos, vem da ilusão destas pessoas acharem que encontrão as coisas no meio do caos. Na verdade, não sabem por onde começar e defendem a falsa ideia de que organizar vai tomar muito tempo", afirma.

Uma pessoa organizada investe tempo para planejar sua vida e o trabalho, e tem controle sobre o seu tempo e seu espaço. Na prática, a pessoa organizada é aquela que possui um sistema de agenda que funciona bem, o que a ajuda a fazer as coisas de forma mais produtiva. Essa pessoa não costuma perder compromissos nem prazos e não perde tempo tentando achar objetos, documentos ou arquivos no computador, pois sabe exatamente onde as coisas estão. Muitas vezes as pessoas não sabem por onde começar a se organizar, não sabem que ferramentas ou que critérios utilizar ou não possuem motivação suficiente para colocar as coisas em ordem. Outras vezes ainda, deixam a bagunça chegar a tal ponto que torna o trabalho muito maior do que deveria. O segredo é não deixar a bagunça crescer e se isso aconteceu, dividir a organização em partes, fazendo um pouco de cada vez. A falta de planejamento nas tarefas e na agenda. O acúmulo de coisas e papeis sobre a mesa. A falta de controle nas pastas e nos arquivos do computador. A falta de categorização e de locais pré-definidos para guardar as coisas. Essas práticas fazem a pessoa criar o hábito de deixar tudo para a última hora, deixar tudo para depois, atrasar-se para compromissos e perder constantemente os prazos.

É importante prestar atenção e tomar cuidado com o ciclo vicioso que pode ser causado pela bagunça física. A bagunça física pode virar uma bagunça mental - que se traduz na perda de foco e concentração. Nessa sequência, viria a bagunça temporal - atrasos e descumprimento de prazos -, e finalmente bagunça emocional - sentimento de e falta de controle.
Fonte: Boletim RH